Planejamento Digital para Promoções de Fim de Ano

Planejamento Digital para Promoções de Fim de Ano

Planejamento Digital para Promoções de Fim de Ano

O ano de 2016 vivenciou um clima negativo na economia brasileira. E embora alguns segmentos do mercado declarem que foi um ano bom, é fato de que o pensamento sobre a negatividade atingiu muitos vendedores e prestadores de serviço. Vimos também como a cadeia econômica funciona e sentimos na pele que se um ramo de atividade falha e seus funcionários ficam desempregados, os serviços que esses têm contratados também sofrem uma queda. E assim sucessivamente… Mas o que fazer?

Promoções de Fim de Ano

Independentemente do desempenho dos negócios no decorrer do ano, é uma prática comum das empresas fazerem ofertas e promoções especiais de fim de ano. Afinal, a data é festiva, de comemorações, e merece um tratamento especial. Sem falar do impulso ao que as pessoas estão “quase que naturalmente” sendo submetidas diariamente. E você não precisa necessariamente ser uma empresa para promover; como profissional liberal, pode também fazer ofertas de vendas ou prestação de serviços.

Separamos aqui 5 pontos de atenção que você deve ter ao planejar uma promoção de fim de ano com foco em marketing na internet. Vamos lá?

  1. Tenha uma boa estrutura digital

É comum os sites ficarem entulhados de pop-ups e banners brilhantes nesta época do ano. Com isso, muitas vezes é esquecida a experiência do usuário no processo de conhecimento, consideração e compra. Faça diferente! Claro que seu site pode, e deve, indicar em várias páginas sobre as promoções correntes, mas crie apenas chamadas e deixe todo o material explicativo e a oferta em si para páginas de vendas específicas. Temos duas ferramentas para o desenvolvimento deste tipo de página aqui em nosso site: MITS Pages (plano gratuito e plano pago) e Profit Builder (plano pago).

  1. Saber o seu estoque de produtos (ou de tempo) é importante

Em matéria do Sebrae sobre dicas para sucesso em liquidações e promoções, o consultor do Sebrae-SP, José Carmo Vieira fez algumas observações bem pertinentes sobre estoque de produtos e os erros mais comuns cometidos principalmente pelos comerciantes. Um deles é sobre montar um estoque especialmente para as datas comemorativas. Ao invés disso, a recomendação do consultor é que sejam feitas promoções agressivas com foco em alguns produtos. Esses poderão ser vendidos com descontos atrativos ou até abaixo do valor de custo.

“Em vez de significar prejuízo, a estratégia de vender com um excelente desconto muitas vezes poderá representar lucro. O que pode comprometer o caixa é justamente deixar os produtos parados em estoque, pois é como deixar dinheiro parado. Esses recursos poderiam servir para comprar novas mercadorias, novas coleções, até à vista, ganhando um desconto do fornecedor, ou ser usados em propaganda, turbinando as vendas da loja”. (José Carmo Vieira, consultor do Sebrae-SP)

Mas se você não trabalha com produtos, e, sim, vende o seu serviço, deve pensar no seu “estoque de tempo”, ou melhor, na gestão da sua agenda. Pensar que todos os seus horários serão ocupados com serviços no final do ano não é só uma excelente e otimista maneira de encarar o resultado das suas futuras promoções. É algo que poderá se transformar em realidade. Portanto, enquanto comerciantes cuidam do estoque de produtos, armazenamento e conservação, você deve gerir o seu tempo e a sua produtividade.

Para facilitar em caso de comunicação com seus clientes essencialmente online, uma boa ferramenta é a You Can Book Me, que permite que sua agenda seja preenchida online pelos seus clientes. Eles podem solicitar a reserva de determinados horários que você permitir mostrar como disponíveis. Há ainda outras ferramentas para produtividade que podem te ajudar a não ficar de cabelo em pé com tantos atendimentos para fazer.

  1. Seja realista com a precificação

Fazer promoções é ótimo! É bom demais ver os clientes e consumidores motivados e chegando até você pelos preços baixos do que oferece. Mas cuidado para não perder a mão e abaixar o preço demais… Você tem que ter uma margem de risco nas ações que fizer. Por exemplo, pode colocar um produto excelente, até mesmo, com preço abaixo do custo. Mas um outro produto que é essencial para que aquele outro tenha uma boa performance pode ter um preço mais justo. Assim, você desencalha os estoques e vende os dois com a segurança de que não terá prejuízo.

  1. Pense na garantia que poderá oferecer

Você não precisa dar garantia em produtos que têm o preço muito abaixo do que a concorrência. Mas permitir troca em um prazo confortável (além do estipulado para o comércio) irá agradar e incentivar a compra. Portanto, pense em como garantir que seu cliente seja seduzido por boas condições pré, durante e pós compra. E, claro, garanta também que o que você oferece possa ser cumprido (relacionamento pós compra é essencial para a saúde de um negócio).

Neste artigo, focamos na divulgação de promoções na internet. Vale lembrar que esta é apenas uma das formas de se trabalhar. Também queremos salientar que há vários outros fatores envolvidos no planejamento das promoções, e outros pontos do marketing igualmente importantes que também devem ser levados em consideração. Portanto, para te ajudar a se aprofundar ainda mais neste assunto, recomendamos este boletim divulgado gratuitamente pela biblioteca online do Sebrae, que expõe as oportunidades de negócios com ênfase em promoções de fim de ano:

BOLETIM DO SEBRAE:
TENDÊNCIAS DE PROMOÇÕES PARA FINAL DO ANO

Somos um grupo da Asap10 muito engajado em trazer para este portal informações especializadas sobre ferramentas digitais. Para isso, oferecemos gratuitamente conteúdo de qualidade relacionado ao mercado de marketing e negócio digital. Nosso principal esforço está em disponibilizar links e descrições sobre aplicações digitais. Tudo porque queremos facilitar ao máximo o gerenciamento dos seus negócios, suas contas e arquivos pessoais online

Perdi minha senha

Entrar

Share This