E-mail marketing em 4 passos

E-mail marketing em 4 passos

E-mail marketing em 4 passos

O e-mail marketing tem sido frequentemente questionado pelas empresas. Enquanto alguns duvidam da sua eficácia, outros ainda o consideram uma das formas mais eficazes de atingir o público. Um fato interessante sobre o marketing por e-mail é que ele permite atingir de forma massiva a sua audiência. Mas, ao mesmo tempo, simples configurações na ferramenta de e-mail fazem com que o conteúdo que você envia seja personalizado, com um tipo de mensagem para cada pessoa dentro do seu público. Por isso, vamos simplificar aqui para você como implementar uma estratégia de e-mail marketing em 4 passos. Pois nós acreditamos na eficácia desta ferramenta, tal como fontes de notícias para negócios digitais escritas por profissionais. É o caso do E-commerce Brasil, que declara:

“91% dos consumidores relataram verificar seus e-mails, pelo menos, uma vez todos os dias” Ler matétia completa

  • Passo 1: Conteúdo para e-mail

Em primeiro lugar, você deve pensar no conteúdo do seu e-mail. A partir do público que você sabe que está na sua lista, deve pensar nos temas e formatos que vai trabalhar. Irá enviar newsletter? E-mails semanais sobre o post do seu blog? Notícias da área de interesse? Oferecer ofertas? Tudo isso deverá estar bem determinado. A frequência também é se suma importância. E, como em qualquer conteúdo digital, não se esqueça de ter consistência no assunto que irá tratar. Por exemplo, se você está escrevendo para clientes de um salão de beleza, não pode falar em um mês sobre escovas progressivas, e, no outro, sobre carros. Percebe a incongruência? Seu público deve reconhecer facilmente o tipo de conteúdo que entrega a ele, seja em qualquer canal, como seu blog, suas mídias sociais e aqui, no e-mail. Veja mais dicas neste post do nosso blog: 5 dicas para gerar mais engajamento do seu conteúdo digital.

  • Passo 2: Design e estrutura

Dependendo da ferramenta de e-mail que você escolher, ela poderá te trazer a opção de personalização do design e formas de estruturar o seu e-mail. E você poderá chegar nela apenas com o seu conteúdo preparado, como é o caso da ferramenta de disparos e automação de e-mail marketing, Active Campaign. Mas, se você optar por outra ferramenta de e-mail, que pode não ter esta função, ou, ainda, quiser preparar seu design com mais opções e de forma personalizada, pode acessar e utilizar gratuitamente a ferramenta para design de e-mails Stamplia Builder. Com esta ferramenta, você pode integrar a sua peça com a ferramenta que vai disparar o e-mail, pois é compatível com a maioria das mais famosas do mercado.

  • Passo 3: Ferramenta de disparo

Aqui, você tem uma decisão muito importante par tomar: escolher a sua ferramenta de e-mail marketing. Porque não é só o disparo que ela deve fazer. Ferramentas confiáveis para esta função têm como recurso adicional, por exemplo, testes AntiSpam. Eles te dizem se seu e-mail precisa de alguma alteração para ser melhor aceito pelos sites de e-mail ou se o seu conteúdo “passa” em filtros de Spam. Temos várias ferramentas para esta finalidade de disparo de e-mail cadastradas aqui no Ferramentas, e você pode olhar as atribuições de cada uma e escolher a que melhor atende às suas necessidades. Há, inclusive, muitas gratuitas. Mas se você quiser investir de verdade em uma ferramenta completa para disparo, automação, personalização, design e muito mais, recomendamos a Akna E-mail Marketing. Essa se apresenta como uma solução completa no mercado.

  • Passo 4: Mensuração de campanhas

A maioria das ferramentas de e-mail marketing já apresenta relatórios de mensuração dos resultados das campanhas neles realizadas. E, acredite, é muito importante analisar os resultados. Isso vai determinar como suas próximas campanhas serão. É importante analisar a taxa de abertura, que indica a credibilidade do seu nome e o impacto do seu título. Também é crucial ver quantas pessoas clicaram em links que você colocou no seu e-mail. Isso significa que o e-mail deu certo! Não fique triste, porém, se mais de 50% dos que receberem seu e-mail sequer o abrirem. Em termos de e-mail, uma boa taxa de abertura é de pelo menos 20%. Depois, você vai conseguir subir pouco a pouco, conforme for analisando os temas que mais interessam ao seu público, e o tipo de abordagem.

Para finalizar, você deve se preocupar com o público que você vai atingir com os e-mails. Ele realmente é interessado no que você tem a dizer? Para o interesse acontecer, é importante você construir seu próprio mailing. Pode ser útil o nosso artigo com 5 dicas para construir uma lista de e-mails relevante. Não deixe de ler e de comentar aqui o que achou deste artigo! =)

 

Somos um grupo da Asap10 muito engajado em trazer para este portal informações especializadas sobre ferramentas digitais. Para isso, oferecemos gratuitamente conteúdo de qualidade relacionado ao mercado de marketing e negócio digital. Nosso principal esforço está em disponibilizar links e descrições sobre aplicações digitais. Tudo porque queremos facilitar ao máximo o gerenciamento dos seus negócios, suas contas e arquivos pessoais online

Perdi a senha

CONHEÇA NOSSOS MATERIAIS EDUCATIVOSQUERO !
Share This